Galo Endividado

Dono de um dos elencos mais caros do continente, o Atlético/MG tem uma dívida milionária com o empresário André Cury. Cerca de R$ 30 milhões. 2 dos atletas agenciados por Cury estão no futebol cearense: os meio-campistas Vina, do Ceará, Otero, do Fortaleza. Na ação que entrou na Justiça de Minas, o empresário cobra só do camisa 29 alvinegro R$ 1,3 milhão, enquanto do venezuelano tricolor o montante é de R$ 1,5 milhão.

Nada de Vasco e Neymar

Fenômeno na Internet, Iran Ferreira, mais conhecido por Luva de Pedreiro, assinou contrato milionário de exclusividade com a Adidas. O influenciador digital só poderá aparecer nos vídeos com camisas da marca alemã. Dessa forma, o bom baiano não vai mais vestir a camisa do clube do coração, no caso, o Vasco, que é patrocinado pela Kappa. E nem muito menos com a camisa de um dos seus maiores ídolos, o brasileiro Neymar, que joga no PSG e na Seleção Brasileira, que usam a Nike como fornecedora.

Olho no Apito

O trio de árbitros cearenses formado por Marcelo de Lima Henrique, Nailton Oliveira e Adriano Barros participou da intertemporada da arbitragem promovida pela CBF no Rio de Janeiro. A jornada começou na segunda-feira e se encerrou nesta sexta-feira. Foram realizadas atividades teóricas e práticas, com trabalhos no campo de jogo e na cabine do VAR. Todos os 95 participantes tiveram instrutores capacitados à disposição para o aprimoramento do conhecimento e aplicação das regras do jogo.

Foto: FCF/CBF

Adeus Precoce

Nem Ceará e nem Fortaleza conquistaram classificação para a próxima fase do Campeonato Brasileiro Sub-20. Os 2 representantes cearenses se despedem da competição neste domingo, atuando em casa, às 15h. Os alvinegros, que somaram até aqui 9 pontos com 2 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, recebem o Cruzeiro na Cidade Vozão, em Itaitinga. Enquanto os tricolores, que só somaram 4 pontos com 1 vitória, 1 empate e 6 derrotas, jogam diante do Flamengo, no CT Ribamar Bezerra, em Maracanaú.

Até Que Enfim

Depois de mais de 2 anos da pandemia de Covid, a CONMEBOL decidiu cancelar os testes obrigatórios de detecção do vírus em suas competições. A medida foi adotada por recomendação dos peritos médicos da Comissão especializada da entidade sul-americana, que analisou os dados e resultados dos protocolos de saúde, relatórios atualizados da OMS e publicações científicas de prestígio internacional. Por outro lado, os cumprimentos do programa de vacinação, de cada País, são obrigatórios.

Demorou, mas Apareceu

Depois de ser elogiada exaustivamente por ter validado o gol de Arrascaeta, do Flamengo, em cima do Corinthians, após a bola toca na mão de um atleta rubro-negro, a arbitragem da Conmebol sofreu duras críticas por parte dos athleticanos. O técnico Luiz Felipe Scolari e atacante Pablo foram para cima do VAR, que mandou anular a marcação de pênalti para o Furacão, após um defensor do Estudiantes interceptar a bola com a mão.