O que já era previsto e como havia sido antecipado aqui no Blog, o Árbitro de Vídeo será utilizado a partir das quartas de final da Copa do Nordeste. O anúncio foi feito de forma oficial nesta segunda-feira, 12, nas redes sociais da competição.

O objetivo é tentar reduzir ao máximo os erros cometidos pela arbitragem na primeira fase, que não foram poucos e causaram a ira de dirigentes de vários clubes. Vale lembrar que na edição passada, o VAR só foi utilizado nas finais.

Em 2020, todo o custo foi pago pela CBF, que atendeu a um pedido da Liga do Nordeste. Para este ano, as despesas serão divididas entre clubes e Liga. Os valores, contudo, não são baratos.

Na Série A do Brasileiro, por exemplo, a cada partida, o custo foi de aproximadamente R$ 50 mil por partida. As despesas, porém, devem ser menor já que para este ano o árbitro de vídeo não deverá ficar nos estádios e sim em uma central na sede da CBF.

Para as quartas de final, os duelos já estão definidos, com Fortaleza, Ceará, Bahia e Vitória jogando em casa. As datas, locais e horários das partidas serão divulgados em breve pela CBF.

📸 Fernando Torres/CBF