Vencer no primeiro jogo contra uma equipe internacional, na estreia do tão aguardada e desejada Copa Sul-Americana era o principal objetivo desta quarta-feira para todos os alvinegros. E com 45 minutos impecáveis, o Ceará praticamente resolveu o duelo contra os bolivianos do Jorge Wilsterman.

O susto de um pênalti e do gol adversário, logo no começo da etapa final, serviu muito mais para comprovar que o elenco alvinegro é forte e tem um treinador que sabe ler o jogo. O técnico Guto Ferreira mostrou seu talento ao percebeu que os jogadores sentiram o golpe. E em duas mudanças, com Marlon na vaga de Naressi, e Saulo, no lugar de Lima, o time se recompôs.

O meio-campista fez aquilo que se espera dele: preencheu os espaços e deu intensidade ao setor. Enquanto o atacante deu maior volume e poder ofensivo. Tanto que o Ceará voltou a jogar bem e num rápido contra-ataque fechou o placar em 3×1. De quebra, a vitória ainda veio com um gol do meia Vina.

A estrela do time se emocionou e chorou ao acabar com a seca e a má fase, que insistiam desde o início da temporada. Querido por todos, o camisa 29 foi abraçado e celebrado por praticamente todos os companheiros dentro e fora de campo.

O triunfo serviu também para comprovar a sólida defesa alvinegra. O primeiro gol sofrido com a dupla Luiz Otávio e Messias, depois de 4 jogos, só aconteceu devido a um pênalti bobo cometido por Mendoza. Até então, Richard pouco havia feito e os bolivianos mal conseguiam passar pelo ferrolho do Vovô. As interceptações e o posicionamento do setor mostram o quanto o time está afiado e preparado.

É preciso destacar, obviamente, o grande nome da partida: Steven Mendoza. O colombiano fez um gol e deu uma assistência. Só por isso, para os que gostam de numerologia e da ciência de dados, já seria o destaque. Mas há muito mais no camisa 10 do Ceará.

Além dos que os números mostram, Mendoza parece estar em todos os cantos, corre demais, marca, perturba os adversários e ainda sabe fazer gols e dar assistências. Encaixou no time alvinegro de uma forma perfeita. Faz a diferença, quando é preciso aparecer alguém. Até agora, é o grande nome do Ceará na temporada.

Abaixo, veja os gols da partida:

📸 Fausto Filho/CearaSC