Desde que chegou ao Fortaleza em janeiro deste ano, o treinador Enderson Moreira tem passado por muitas provações. Covid, pressão da torcida, morte da sogra e agora vai ter de lidar com mais uma atribulação.

O técnico tricolor, expulso contra o Sampaio Corrêa, ainda pela 2ª Rodada da Copa do Nordeste, em 06 de março, foi denunciado e na próxima quarta-feira, dia 28, vai ser julgado pela 3ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Enderson está incurso no artigo 243-F do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que prevê multa de R$ 100,00 a R$ 100 mil com suspensão de um a seis jogos e punição mínima de 4 partidas, caso seja condenado.

“Art. 243-F. Ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto.

PENA: multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais), e suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a noventa dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.

§ 1º Se a ação for praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, contra árbitros, assistentes ou demais membros de equipe de arbitragem, a pena mínima será de suspensão por quatro partidas.”

Na súmula da partida, o árbitro Rafael Carlos Salgueiro, de Alagoas, relatou o seguinte:

“Aos 48 minutos do 2 tempo, expulsei diretamente o técnico o sr; enderson alves moreira, da equipe fortaleza esporte clube, após ser informado pelo quarto árbitro paulo jose souza mourão, que o mesmo estava reclamando de forma ofensiva e grosseira das decisões da arbitragem dizendo as seguintes palavras’ porra caralho tu quer te aparecer com a porra desses acréscimos caralho”. após a expulsão, o mesmo foi em direção ao quarto árbitro reclamando dizendo as seguintes palavras” tu é um babaca seu filho da puta do caralho”. informo ainda que o mesmo precisou ser contido por companheiros de equipe para se retirar do campo de jogo”.

Vale lembrar que o Fortaleza joga neste sábado, 20h30, contra o Bahia, pela semifinais da Copa do Nordeste. O treinador leonino, que estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo e não comandou a equipe diante do CSA, volta a trabalhar da área técnica na borda do campo. Se o Tricolor avançar, as finais do torneio estão marcadas para os dias 02 e 09 de maio.

Para ver a súmula completa da partida, clique aqui.

Para ver o edital da 3ª CD do STJD, clique aqui

Para ver o CBJD, clique aqui

📸 Karim Georges/FortalezaEC

PS: matéria foi corrigida. Orginalmente, a manchete dizia que Enderson poderia pegar até 90 dias, quando na verdade ele pode pegar até 6 partidas