O volante Éderson é um dos destaques do Fortaleza neste início de Campeonato Brasileiro. O jogador virou um dos símbolos do futebol moderno e pra frente que a diretoria e o técnico Juan Pablo Vovjoda tanto desejavam.

O Blog entrou em contato por telefone com o Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, que está em Porto Alegre com a delegação tricolor para o duelo de domingo contra o Grêmio, 20h30 (com transmissão do Premiere), para falar sobre a situação do jogador.

O mandatário tricolor preferiu não falar sobre valores e não confirmou a informação que surgiu de um interesse do clube para adquirir em definitivo o atleta, que tem contrato com o Corinthians até 2025 e vínculo de empréstimo com o Fortaleza até o final do ano.

O Blog, contudo, apurou que a multa do atleta é superior a 20 milhões de reais, e não há no contrato com o Fortaleza a preferência de compra. O que há é um acordo verbal, caso o clube tricolor se interesse num futuro próximo para adquirir os direitos econômicos e federativos do atleta, de 21 anos, que tem como agente o badalado empresário André Cury.

Paz falou ainda que não acredita que o Corinthians vá pedir o retorno do jogador. O Presidente do Fortaleza disse que Éderson deve ficar e concluir o contrato sem a necessidade de o time paulista usar esse direito que há no contrato entre os dois clubes.

Vale lembrar que no próximo domingo, Éderson completa as 7 partidas pelo Fortaleza, o que impede de se transferir para qualquer clube da Série A, conforme o regulamento da competição. No entanto, caso surja uma proposta do Exterior, aí, sim, é possível uma negociação, mas com o Fortaleza ganhando um percentual por visibilidade.

📸 Reprodução/Instagram