A semana era para ser de descanso e de recuperação. Afinal, fazia muito tempo que o Ceará não tinha uma semana livre sem jogos. A ideia era chegar com tudo para enfrentar o Athletico Paranaense, neste sábado, 17h, no Castelão, pela 12ª Rodada do Brasileirão.

No entanto, se não bastasse a raiva no domingo passado, quando deixou o Cuiabá empatar por 2×2, no último minuto, o time alvinegro ainda levou outro duro golpe na última quinta-feira, com a ampliação da suspensão de Gabriel Dias, Jael e Mendoza. Pra completar, Jorginho (por força do contrato com o Furacão e pelo terceiro amarelo) também está fora. Sem contar Saulo Mineiro, que já se despediu do elenco.

Com isso, o técnico Guto Ferreira vai ter de ajustar algumas peças para montar o time. Porém, se não quiser inventar, o comandante alvinegro nem precisa sofrer muito, já que tem à disposição: Rick, Lima e Cléber. Além de Vina, Sobral e Marlon. Há ainda uma ótima notícia, o zagueiro e capitão Luiz Otávio está treinando normalmente e pode ser a principal novidade.

Há sete jogos sem perder, o Ceará pode igualar a sequência invicta de 2010, quando chegou a oito partidas sem derrotas. Naquele ano, o Vovô teve a impressionante série, que começou logo na 1ª rodada e só parou na 9ª:

Ceará 1×0 Fluminense
Santos 1×1 Ceará
Ceará 1×0 Vitória
Goiás 0x0 Ceará
Ceará 1×0 Cruzeiro
Ceará 2×0 Avaí
Atlético/MG 0x1 Ceará
Ceará 0x0 Corinthians

Só foi perder para o Internacional, por 2×1, em Porto Alegre, na 9ª Rodada. O time, comandado por PC Gusmão, tinha como destaques o zagueiro Anderson, os volantes Michel, Careca e João Marcos, os meias Geraldo e Lopes e os atacantes Misael e Washington.

Voltando para 2021, um dos destaques do time e do Campeonato Brasileiro, o volante Fernando Sobral, falou da semana sem partidas, mas com atividades para o elenco se recompor e manter a ótima sequência no Brasileirão.

“Procuramos corrigir nossos erros, ser mais eficientes na hora certa. Foi uma semana boa, pois nos dá confiança. Agora é botar em prática para que a gente consiga a vitória amanhã, pois será um jogo difícil, mas vamos se dedicar para garantir os três pontos que são muito importantes”. declarou em coletiva o camisa 8 alvinegro.

Paranistas

No Athletico, o time do técnico português, António Oliveira, está muito mais preocupado com a Copa Sul-Americana do que com o Brasileirão. Apesar de no torneio nacional estar no G5, com 20 pontos, mas sem vencer há duas rodadas, o Furacão está bem próximo das quartas de final na competição internacional.

Na terça-feira, venceu o América de Cali, por 1×0, na Colômbia, e só precisa de um empate para avançar. Por isso, a expectativa é a de que o time para encarar o Vovô seja um mistão daqueles. A delegação paranaense viajou direto de Pereira, onde treinou na quarta-feira, para Fortaleza.

Os dois desfalques certos são o goleiro Santos (com a Seleção Olímpica) e o lateral-direito, Marcinho, suspenso. O volante Richard conseguiu o efeito suspensivo e pode ser relacionado para a partida. O treinador português faz mistério e só vai revelar a equipe titular momentos antes da partida.

Ficha-Técnica

Ceará x Athletico Paranaense

12ª Rodada

Data: 17 de Julho de 2021 – Horário: 17h

Local: Arena Castelão – Fortaleza

Transmissão: TNT Sports

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA) – Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar Santos Dias (BA) – VAR: Márcio Henrique de Gois (SP)

Ceará: Richard; Buiú, Gabriel Lacerda (Luiz Otávio), Messias, Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Marlon e Vina; Lima, Cléber e Rick. Técnico: Guto Ferreira.

Athletico Paranaense: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Zé Ivaldo, Nicolas; Richard, Christian, e Terans; Carlos Eduardo, Vitinho e Matheus Babi.

📸 Felipe Santos/CearaSC

📸 Ascom/Athletico