Contratado com status de grande reforço para temporada 2021, o atacante Yony González não agrada ao Ceará e pode abreviar sua passagem por Porangabuçu. O colombiano, que tem contrato até o fim desta temporada, negocia há duas semanas com dois clubes portugueses para jogar a temporada 21/22 na Europa.

A informação é do site Torcedores.com

Segundo o site, o empresário do atacante, Gianluca de Franco, conversa com os dirigentes do Braga e também do Estoril. A tendência é a negociação ser resolvida até a próxima sexta-feira, 13, caso não aconteça, Yony vai permanecer no elenco alvinegro e cumprir o contrato de empréstimo até dezembro. O colombiano tem vínculo com o Benfica até 2024, mas a equipe do técnico Jorge Jesus não conta com o atleta para essa temporada.

Aos 27 anos, Yony chegou ao Ceará em Fevereiro sob enorme expectativa, no entanto, não conseguiu render em nenhum momento. Na última sexta-feira, o executivo de futebol do clube alvinegro, Jorge Macedo, falou sobre o atleta.

“O Yony teve um período de muito tempo sem jogar. Ele não joga praticamente desde a época do Fluminense. Hoje, eu acho que ele se encontra em uma condição muito melhor do que chegou nessa parte física e técnica. Claro que esperávamos que ele desse uma resposta mais rápida, mas é complicado um jogador que fica muito tempo sem jogar. Acho que isso atrapalhou muito o Yony, ele não conseguiu ter uma pré-temporada”, declarou.

O Ceará conta no atual elenco com 12 atacantes: Jael, Cléber, Airton, Erick, Mendoza, Lima, Wendson, Yony, Rick, João Victor, Hélio Borges e Jacaré. O time alvinegro é dono da 3ª melhor defesa do Brasileirão, com 13 gols sofridos, em compensação, o ataque marcou apenas 17 vezes em 15 jogos.

Na tabela de classificação, o Ceará está em 7º lugar com 23 pontos, um a menos que o Athletico paranaense (6º), que está na zona de classificação para a Pré-Libertadores.

📸 Ascom/CearáSC