Há 3 semanas, o gerente executivo do Ceará, Jorge Macedo, disse em entrevista coletiva, que o clube estava avaliando o setor de ataque para saber se precisava ou não de reposição. O dirigente lembrou as contratações recentes de Erick e Airton e falou que o elenco contava com Jael e Cléber, além de Cristiano, que estava a serviço do Sub-23.

No entanto, o técnico Guto Ferreira pediu a contratação de mais um centroavante. Um jogador com características diferentes de Jael e Cléber. A informação é do repórter Danilo Queiroz (do Futebolês/Sistema Jangadeiro). A diretoria do Ceará está em busca de atender o treinador, já encontrou alguns nomes, mas todos estão empregados.

As inscrições de novos atletas para o Campeonato Brasileirão vão até o dia 24 de setembro. Com isso, há tempo para procurar sem tanta pressa. Por outro lado, o Ceará realmente precisa melhorar o setor ofensivo. Em 17 partidas, o time alvinegro marcou apenas 19 gols. Cléber fez apenas 2, enquanto Jael apenas 1. O artilheiro da equipe é o jovem Rick, que é atacante de lado, com 4 bolas nas redes.

Vale lembrar que o elenco alvinegro conta hoje com 12 atacantes:  Jael, Cléber, Airton, Erick, Mendoza, Lima, Wendson, Yony, Rick, João Victor, Hélio Borges e Jacaré.

O Ceará volta a campo somente no próximo domingo, diante do América/MG, às 11h, em Belo Horizonte (com transmissão do Premiere). O grupo de jogadores treina nesta quarta e quinta-feira na Cidade Vozão e na sexta-feira viaja para a capital mineira. No sábado, treina na Toca da Raposa.

📸 Marcelo Vidal/CearáSC