O Fortaleza confirmou a contratação do meia Lucas Lima, de 31 anos. O jogador, que tem vínculo com o Palmeiras até o final de 2022, chega ao Tricolor por empréstimo até o fim desta temporada. O meio-campista, que só fez 8 jogos pelo Verdão em 2021, ainda não atuou no Campeonato Brasileiro e estava preterido do elenco alviverde.

Lucas Lima fez muito sucesso no Sport em 2013, quando levou o time pernambucano ao acesso à Série A. Logo depois foi para o Santos, onde também se destacou e chegou até a Seleção Brasileira (marcou gol contra a Argentina pelas Eliminatórias). Em 2018, chegou ao Palmeiras com enorme expectativa e contrato e 5 anos. No Verdão, ganhou Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Libertadores.

Sem chance de ser aproveitado pelo técnico Abel Ferreira, o jogador precisava de novos ares. Com salários, luvas e produtividade, seus rendimentos chegavam a R$ 1 milhão por mês. Dessa forma, a ideia era buscar um time que acreditasse no seu potencial. O Fortaleza foi o alvo.

A chegada ao Pici tem um fator determinante: Juan Pablo Vojvoda. O treinador argentino gostou do perfil de Lucas Lima, que é reverenciado pelo presidente Marcelo Paz, a quem o chamou de craque.

Vojvoda, contudo, tem o poder de conseguir recuperar e reerguer jogadores até então preteridos nos clubes de origem. O zagueiro Marcelo Benevenuto (do Botafogo), o volante Éderson (do Corinthians) e o meia-atacante Yago Pickachu (do Vasco) são os maiores exemplos da transformação provocada pelo comandante leonino.

Benevenuto e Pikachu, rebaixados para a Série B em seus respectivos times, não foram aproveitados e viram no Fortaleza a oportunidade de crescerem. Assim como Éderson, praticamente dispensado do clube pelo então técnico Vágner Mancini.

O curioso é que os três não renderam com Enderson Moreira (na verdade o time todo não mostrava evolução e nem um bom futebol). Porém, com a chegada de Vojvoda, á agua se transformou em vinho. Benevenuto é considerado um dos melhores zagueiros do Brasileirão. Éderson é o principal destaque do meio-campo e Pikachu é o jogador leonino que mais esteve presente na seleção da rodada do Campeonato.

Há ainda Lucas Crispim, outro até então preterido por Enderson, que acabou virando ala no lado esquerdo e titular absoluto do time tricolor com o treinador argentino. Dessa forma, não é por acaso a chegada de Lucas Lima ao Pici.

Vale lembrar que o novo reforço leonino não pode atuar pela Copa do Brasil, onde o Fortaleza joga nesta quarta-feira, contra o São Paulo, pelas quartas de final. As inscrições para o torneio já foram encerradas. No entanto, para o Brasileirão, é só o nome estar no BID, que Lucas Lima poderá estrear com a camisa tricolor.

📸 Sportv/EFE

📸 Ricardo Saibun/SantosFC

📸 Leonardo Moreira/FortalezaEC