Após o empate por 0x0 contra o Sport, na noite desse domingo, na Ilha do Retiro, em Recife, o técnico do Ceará, Guto Ferreira, concedeu entrevista coletiva e falou sobre mais essa igualdade no Brasileirão.

O time alvinegro chegou ao sétimo empate, em 13 partidas no Campeonato, e o treinador alvinegro foi questionado sobre esse número de igualdades.

“Eu acho que são circunstâncias de jogo, após jogo. Nós não perdemos fora de casa. Talvez fosse melhor que a gente estivesse com a campanha do ano passado, quando nós formos derrotados 7 vezes, ao invés de empatar 7 vezes. Somamos 5 pontos a mais neste momento da competição. Então, empatar não é ruim, não. Ruim é perder. E quando a gente não tem condições de ganhar a gente empata e isso vai somando pontos e lá no final vai fazer toda a diferença”, disse Guto Ferreira.

Por outro lado, o Ceará chega a 9 jogos de invencibilidade dentro da competição. A última derrota foi para o Bahia, na 4ª rodada. Desde estão, a equipe alvinegra soma 3 vitórias (Atlético/MG, Juventude e Ahtletico Paranaense) e 6 empates (Internacional, São Paulo, Red Bull, Fluminense, Cuiabá e Sport). A sequencia é histórica e inédita para o Vovô.

“Primeiro, isso (marca histórica) é muito importante para o grupo. Passa confiança para o grupo. Esse grupo fazendo história. Mas essa história só vai se concretizar, realmente, a gente terminando a competição com classificações importantes, como foi a do ano passado. O que vale ressaltar neste momento é que nessa rodada no ano passado a gente tinha 14 pontos em 13º lugar. E este ano nós estamos em 7º com 19 pontos. Isso mostra uma regularidade maior da equipe. Embora a equipe, ano passado, também tinha vencido 4 partidas, só que tinha perdido 7. E este ano nós perdemos 2 e empatamos 7. Eu acho isso bastante positivo. É um avanço, sim. E vamos trabalhar para fazer melhor do que ano passado”, declarou o comandante alvinegro.

Agora, o Ceará vai ter mais uma semana livre sem jogos para se preparar para o Clássico-Rei do próximo domingo, 01, às 20h30, na Arena Castelão.

Confira abaixo, a entrevista coletiva na íntegra do técnico Guto Ferreira: