Ceará e Flamengo vão se enfrentar no próximo domingo, às 16h, na Arena Castelão (com transmissão da TV Globo e do Premiere) pela 17ª Rodada do Brasileirão. Com 23 pontos, o Vovô esta na 8ª posição e vem de derrota para o Corinthians fora de casa. Enquanto o Rubro-Negro está em 5º, com 27 pontos e vem de vitória sobre o Sport, no Rio.

No último duelo entre ambos no Castelão, em setembro do ano passado, o Ceará vinha de duas derrotas consecutivas (Santos e Internacional por 2×0), havia estacionado nos 10 pontos e caído para a 13ª posição. Já o Flamengo vinha de 4 vitórias seguidas contra Santos, Bahia, Fortaleza e Fluminense e subira para o 3º lugar.

No entanto, em campo, o Vovô não deu chances para Gabigol, Everton Ribeiro, William Arão, Isla, Gustavo Henrique, Pedro e cia. Com um gol do zagueiro Luiz Otávio e outro do volante Charles (ambos no 2º tempo), o Ceará superou todas as expectativas e de maneira brilhante bateu o Flamengo por 2×0.

Naquele jogo, o técnico Guto Ferreira mandou a campo um time com: Fernando Prass, Samuel Xavier, Tiago Pagnussat, Bruno Pacheco; Charles, Ricardinho, Fernando Sobral e Vina; Leandro Carvalho e Cléber. Já o treinador Domech Torrent escalou o Mengo com: César; Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira, Renê; Willian Arão, Tiago Maia e Everton Ribeiro; Michael, Gabigol e Vitinho.

Lembrando que pelo lado alvinegro, Samuel Xavier, Bruno Pacheco, Luiz Otávio e Leandro Carvalho voltavam após cumprirem suspensão. Enquanto pelo lado carioca, Filipe Luís e Arrascaeta (com desgaste muscular) e Bruno Henrique (machucado) não participaram da partida.

E também é bom não esquecer que no início deste ano, em janeiro, os dois times ainda se enfrentaram pela Série A de 2020. A equipe de Gordiola não tomou conhecimento de novo das estrelas do Flamengo e venceu por 2×0 em pleno Maracanã com gols de Vina e Klevyn (um em cada tempo).

O Ceará entrou em campo com 8 jogadores, que ainda estão no atual elenco. O time jogou com: Richard, Eduardo, Tiago Pagnussat, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho, Fernando Sobral e Vina; Lima, Cléber e Léo Chu. Outros 3 ainda entraram no decorrer da partida: William Oliveira, Kelvyn e Klauss.

Já o Flamengo, do até então técnico Rogério Ceni, levou a campo o que tinha de melhor. O único desfalque na época foi o goleiro Diego Alves, machucado. A equipe jogou com: César, Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro. No decorrer da partida ainda entraram Diego Ribas, Gabigol, Vitinho e Renê. Todos do atual elenco rubro-negro.